Bem vindos ao espaço virtual FITOMANIA!!
Neste espaço estaremos aprendendo um pouco mais sobre o mundo dos fitoterápicos, onde discutiremos os mitos e as verdades, ou seja, o que é científico, e o que é cultural, dando dicas sobre a melhor maneira de consumirmos esta extraordinária ferramenta terapêutica que são as plantas medicinais.
Antes de qualquer coisa, é importante entendermos o que viria a ser um produto fitoterápico. Segundo a 5ª edição do livro FARMACOGNOSIA: da planta ao medicamento, “fitoterápicos seriam aqueles medicamentos preparados exclusivamente à base de plantas medicinais”. Muito cuidado para não confundir com fitofármacos que na realidade “são as substâncias extraídas das plantas com atividades farmacológicas” segundo a mesma fonte. Podemos tomar como exemplo de um medicamento que não é fitoterápico o colírio de pilocarpina para glaucoma, substância extraída do Jaborandi (Pilocarpus spp), pois na realidade é um medicamento feito à base de um fitofármaco. Já uma cápsula contendo extrato seco padronizado de Ginkgo Biloba pode ser definido como fitoterápico.
Chega de papo-cabeça e vamos ao que interessa!!
Caso você esteja trilhando com seu veículo off-road, ou até mesmo a pé pelos cerrados brasileiros do tipo rupestre, como na região da Serra da Canastra, em Delfinópolis-MG, você irá encontrar uma planta do tipo arbusto ou arvoreta bastante ramificada de até 3m de altura, ramos cilíndricos, folhas simples e estreitas. Certamente estará diante de um tipo de arnica, muito utilizada para contusões musculares, entorses, ou processos inflamatórios nas articulações. Muito útil caso você se machuque nas trilhas entre pedras.

REDATORES:

—Allan Ferreira de Paula
Farmacêutico Magistral
Prof. de Farmacoepidemiologia e Semiologia Farmacêutica da UNIUBE
Especializando em Fitoterapia pela UNIBEM
Membro do grupo de pesquisas em fitoterápicos do Cerrado na FMTM – Uberaba/MG
Mestrando em Patologia clínica pela FMTM – Uberaba/MG


ARNICA
AÇÚCAR DE CAPIM PODE COMBATER DIABETES

 

—Profesorra Fernanda

BARBATIMÃO

 


Todos os direitos reservados -- LoucosPorNatureza 2005
WebDesigner
ERVAS MEDICINAIS