SEGURELHA
(Satureja hortensis)


A segurelha ou segurelha-de-verão é uma planta anual originária da Europa e pertencente à família das labiadas (como a hortelã, poejo, alfavaca, manjericão, tomilho, manjerona, alecrim, orégano, etc). O nome vem do latim "satureia" que significa sátiro. É um dos símbolos da cozinha francesa e tem sabor semelhante ao do tomilho, porém mais picante. A planta cresce de 30 a 40 cm, as folhas são pequenas, pontudas e verde-acinzentadas. As flores também são de tamanho reduzido e nas tonalidades branca, rosada ou lilás. Outra variedade dessa planta, a segurelha-de-inverno (Satureja montana) é semelhante a ela, mas é perene.
CLIMA E SOLO: Prefere os climas subtropicais com bastante sol. É semeada em setembro e outubro.O solo deve ser solto, bem drenado e profundo.
PLANTIO: As sementes são plantadas no canteiro definitivo, em sulcos rasos e distantes 30 cm entre si. Cobre-se com camada de terra peneirada. A germinação pode demorar 3 semanas. Depois faz-se o desbaste, mantendo as plantas mais vigorosas a cada 20 cm. Deve-se evitar regas em exagero. Trazer terra para a base da planta e fazer capina quando necessário.
COLHEITA: Começamos quando os ramos atingem 10 cm de comprimento e sempre antes da floração. A segurelha produz sementes que podem ser aproveitadas nos plantios posteriores.
UTILIDADES: É condimento para alimentos pesados e entra na composição de patês, queijos e "fines herbes". O licor francês "chartreuse" tem segurelha. De aroma intenso e sabor um pouco picante e amargo, a segurelha tem bom uso também na culinária italiana, onde se industrializa o óleo contido na planta. As folhas e hastes da segurelha são empregadas como tempero em carnes, feijões, saladas, sopas e molhos. Combina com todas as verduras e legumes, alem de peixe, fígado e ovos, facilitando a digestão dos pratos gordurosos, estimula o metabolismo, abre o apetite e tem ação tônica, fortalecendo o organismo.

Todos os direitos reservados -- LoucosPorNatureza 2005
WebDesigner

ERVAS AROMÁTICAS