ALECRIM
(Rosmarinus officinalis)


O alecrim é um arbusto aromático da família das labíadas. Pode viver por muitos anos e ter de 60 cm a 2 m de altura. Seu nome latino rosmarinus significa "o orvalho que vem do mar" porque as praias do Mediterrâneo cheiravam ao alecrim que crescia espontaneamente em suas areias.
CLIMA E SOLO: Prefere climas temperados quentes e regiões de dias longos com bastante luminosidade. Não tolera regiões de invernos rigorosos e ventos fortes. Umidade elevada e clima muito frio reduzem o teor de essência da planta.
PLANTIO: É feito por sementes ou estaquia antes ou depois da floração mais intensa. A propagação por sementes é demorada pois a planta leva de 2 a 3 anos para se tornar adulta.
COLHEITA: A colheita do Alecrim deve ser iniciada antes ou tão logo se inicie também o período de floração intensa, a partir do segundo ou terceiro ano de vida da planta. Mas de cada planta só se deverá colher metade dos ramos com folhas, deixando os restantes para a sua manutenção.
UTILIDADE: Como tempero, além de dar um "realce" em certos pratos tem também um importante papel na digestão dos alimentos. As folhas frescas ou secas podem ser utilizadas em molhos de tomate, pratos de saladas cruas e nos cereais. É essencial para temperar carne de porco. Como chá alecrim tem um sabor um pouco amargo e é quente ou seja, tem uma ação fortificante e aquecedora sobre todo o organismo. Também ativa as funções do pâncreas e estimula a circulação.

Todos os direitos reservados -- LoucosPorNatureza 2005
WebDesigner

ERVAS AROMÁTICAS